Fantasmas

*Cida Leal

E porque fosse a noite bem escura e porque a hora já bem tardia era e ainda sozinha estava, ligou os faróis para atravessar a estrada. Antes mesmo de virar a curva, avistou o primeiro deles. Com os loiros cabelos desarrumados pelo vento e o olhar distante, parecia analisar o quão pouco andara. Displicentemente, vivera. Não poderia ser de outra maneira. Sem pesares, sem temores… o tempo certo para um brinde, apenas… Outros, depois dele, surgiram, à frente, no caminho. Esquecidos e abafados no baú da memória, um a um, saíam de casa e desciam, para a beira da estrada. O menino que perdera a perna e o outro que perdera o sonho. Eram dois que se confundiam, vindos que eram de mesma e duplicada dor. E por lá ficaram, silenciosos, apenas lembrando que ali estiveram e deitaram seus pesares. Outros subiam, como o casal agarrado ao ninho destruído pela tempestade. Levados para morrer bem longe, ali voltavam e por lá ficaram, na beira da estrada, cuidando que estavam do terreiro embranquecido pelo tempo. Depois que os deixou, pensou ter visto o homem. Deveria estar ali, ele e seu chapéu. Talvez aparecesse no beco atrás da casa de telha vermelha e poeira amarela. Até que tentou enxergar. Franziu o cenho e firmou a vista. Dele, porém, nem a sombra. A parede pichada avisava da inutilidade de tentar reviver a alegria de tê-lo. “Era tarde”, dizia. Já ali não pertencia mais. E foi embora, ela, desesperançada de qualquer visão. Certa de que não haveria mais nem sorriso e nem alegria naquele pedaço da estrada.

*Atualmente cursa Especialização em Gestão de Políticas Públicas pela UFJF. É membro da Academia Formiguense de Letras, consultora em Comunicação e Marketing Digital, palestrante e escritora.

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s